Labirintopatia / Terapia de Reabilitação Vestibular

Labirintopatia/Terapia de Reabilitação Vestibular

Popularmente conhecida como Labirintite, a Labirintopatia (termo correto) é um distúrbio que ocorre no labirinto, órgão do ouvido interno responsável pela audição e pelo equilíbrio. É um problema bastante comum em idosos com mais de 75 anos: uma média de 80% da população nessa faixa etária. Apesar disso, também pode ocorrer em qualquer idade, inclusive em crianças.

Os principais sintomas são: tonturas, falta de equilíbrio, dor de cabeça, sensação de que os objetos estão girando a sua volta e zumbidos. Caso você perceba que esses sinais são recorrentes, procure ajuda de um Otorrinolaringologista.

As causas de Labirintopatia incluem enxaquecas, sedentarismo, posturas inadequadas por um longo período, doenças autoimunes, infecções por vírus, intoxicações, distúrbios hormonais ou metabólicos, como diabetes, colesterol alto, entre outros. Para prevenir, recomenda-se boa alimentação, dormir bem, praticar exercícios físicos regularmente, não se estressar, evitar excesso de sal, açúcar, álcool, cigarro e estimulantes como cafeína.

O tratamento é feito com a adoção de hábitos saudáveis e também com medicamentos. É possível que o Otorrinolaringologista recomende a Terapia de Reabilitação Vestibular, um grupo de exercícios físicos que visam o restabelecimento e a manutenção do equilíbrio, garantindo, assim, melhor qualidade de vida para o paciente.

VOLTAR

Você nos encontra agora em

NOVO ENDEREÇO!

Av. Anita Garibaldi, 1121 – Ahú

Clique aqui para ver no mapa