Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia

Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia

Os problemas de refração acontecem por causa de erros no momento da focalização das imagens na retina, por conta do tamanho e formato do olho, que inclui a córnea, aquoso, cristalino e vítreo.

Enquanto, em uma visão normal, as imagens são focalizadas no centro da retina, nas pessoas que sofrem desses problemas a imagem é captada de maneira distorcida, sendo focalizada antes, depois ou em ângulos diferentes.

Miopia

Pessoas com miopia possuem uma boa visão para perto, mas sentem dificuldades para enxergar bem de longe. Isso porque a córnea delas é curva, o que leva as imagens captadas a serem focalizadas antes da retina.

Hipermetropia

Nesses casos, por conta do olho ser menor do que o normal ou da córnea ser muito plana, a imagem é focalizada depois da retina. Assim, essas pessoas enxergam mal de perto e, em casos mais elevados, podem ter dificuldades para enxergar de longe também.

Astigmatismo

Essa distorção acontece porque a córnea apresenta formato e ângulos diferentes. Dessa forma, a imagem é focalizada em pontos diversos da retina. Como resultado, as pessoas que sofrem de astigmatismo não enxergam bem tanto de perto como de longe.

Presbiopia

Pacientes com presbiopia se queixam de ter a vista cansada e dificuldade para ver de perto. Nesse caso, é um envelhecimento natural e gradativo do cristalino.

Tratamento

Normalmente, os problemas refrativos são corrigidos por meio do uso de óculos ou lentes de contato. Entretanto, a eliminação do problema pode ser feita, em determinados casos, por cirurgia refrativa, ou seja, por meio de laser corretivo, que proporciona grande conforto por não ser mais necessário uso dos óculos de correção. A indicação do tratamento deve ser feita por um Oftalmologista.

VOLTAR

Você nos encontra agora em

NOVO ENDEREÇO!

Av. Anita Garibaldi, 1121 – Ahú

Clique aqui para ver no mapa